Brusque Dermatologia Dermatologista Estética SC

Diretor Técnico: Dr. Felipe Benvenuti
Médico Dermatologista CRM/SC 12476

Tumores Cutâneos

O que é um tumor cutâneo?

Tumor cutâneo é o aumento de volume observado em alguma das camadas da pele que ocorre devido a um acúmulo (proliferação) anormal de células e pode estar presente desde o nascimento ou aparecer no decorrer da vida.

Qual a diferença entre Tumor maligno e Tumor benigno?

A diferença fundamental está no crescimento (multiplicação) das células. De um modo geral, quando este crescimento é controlado e as células não se estendem a outras partes do corpo, o tumor é considerado benigno. Por outro lado, quando o crescimento é descontrolado e as células invadem tecido normal podendo também se estender a outras partes do corpo (metástase), os tumores são chamados malignos (cancerosos).

Quais as características de um tumor cutâneo?

Existem vários tipos de tumores benignos e malignos e suas características vão depender do tipo de célula que inicia o processo tumoral. De acordo com o tipo da célula os tumores podem ser maiores ou menores, pigmentados ou não pigmentados, de consistência mole ou dura, únicos ou múltiplos, de crescimento rápido ou lento, doloroso ou não doloroso, etc. Exemplos de tumores benignos: acrocordões, lipoma, dermatofibroma, nevos melanocíticos, etc. Exemplos de tumores malignos: melanoma, carcinoma basocelular, carcinoma escamoso, carcinoma de células de Merkel, etc.

Quais são os sintomas?

O sintoma básico de um tumor cutâneo é o aumento de volume ou tamanho de uma determinada área ou de uma lesão pré-existente que pode ocorrer de forma rápida ou lenta, podendo ser visível ou somente palpável. Outros sintomas incluem: dor a palpação, sangramento, ulceração, alterações epidérmicas, etc.

Qual é o tratamento?

O tratamento vai depender do tipo de tumor, de sua localização e tamanho. Um tumor benigno geralmente não requer tratamento, exceto se a sua localização ou tamanho causarem desconforto ao paciente. No caso de um tumor maligno, na maioria dos casos, o tratamento cirúrgico tipo exérese é a melhor opção. Outras opções terapêuticas incluem: curetagem, criocirurgia, ablação química, laser e radioterapia.

Indicate that www.pro-essay-writer.com/ it can last for the whole day

Compartilhe

Newsletter

Receba nossas atualizações por e-mail.

Siga